Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Gerais

“Se o Brasil tivesse levado essa pandemia a sério hoje todos nós já estaríamos vacinados e o Paulo não teria partido,” afirma Luciano Huck

Nitidamente o global, Luciano Huck vem conduzindo a pandemia ocasionada pela COVID-19, como um palco para uma futura disputa a eleição presidencial brasileira. Neste cenário vale de tudo, estamos falando de alguém que defendeu ferrenhamente o “fique em casa” mas, passou férias no Caribe em plena pandemia. Este também é o mesmo senhor que, defende com muita tranquilidade o SUS (Sistema Único de Saúde) e quando seu filho sofreu um acidente, foi levado imediatamente para um grande hospital particular. Parece até que os brasileiros estão sendo induzidos a um grau de bestialidade nunca antes visto, é muito simples, todas as medidas defendidas por Luciano Huck não são aplicáveis em sua vida mas, apenas na dos brasileiros.

Dentre os muitos holofotes na tentativa de politizar a pandemia e deslegitimar o governo federal, o apresentador afirmou no último sábado “Se o Brasil tivesse levado essa pandemia a sério hoje todos nós já estaríamos vacinados e o Paulo não teria partido.” Uma afirmação tão grotesca nos conduz a níveis de intepretações que desafiam nossas capacidades cognitivas. Há cerca de um mês o Brasil é o quarto país que mais vacina mesmo com a sexta maior população mundial. Mais de 37.891.703 doses do imunizante já foram aplicadas na população. Qualquer brasileiro que se dispõe a inteirar-se sobre a pandemia, sabe do real quadro de vacinações. Como o quarto país em vacinação pode não ter levado a pandemia a sério? Huck precisa explicar para os brasileiros qual formula magica é possível adotar na condução da pandemia, uma vez que, é sabido que o governo federal sempre buscou e busca meios sensatos de combater o vírus. Nos países pioneiros em vacinação, pessoas na faixa etária de Paulo Gustavo começaram a ser vacinadas há poucas semanas, ou seja, nem se Paulo Gustavo morasse no país campeão em vacinação ele estaria imunizado. O global precisa se inteirar em caráter de urgência do cenário de vacinação mundial, ou nos explicar em qual orbita distante a vacinação que ele almeja está sendo aplicada, não existe ainda, nenhum país onde as pessoas estão 100% imunizadas como Huck dá a entender.  Outro fator muito curioso que o apresentador precisa explicar, é seu total domínio sobre a morte, uma vez que, ela endossa que o humorista “não teria morrido”. Talvez Huck seja um semideus que além de já visualizar locais de população 100% imunizada, também consegue estipular a morte das pessoas.

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Policial

Um jovem de 25 anos foi morto pelo pai durante uma confusão na casa deles, no bairro Engenho Nogueira, região da Pampulha de Belo...

Gerais

O Posto Avançado de Bombeiros de Bocaiuva foi acionado no início da noite deste domingo (14/08/2022), por volta das 18h50min, para atendimento de ocorrência...

Juiz de Fora - Minas Gerais

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República, inicia oficialmente na terça-feira (16/08) a campanha eleitoral visando à reeleição nas eleições de outubro de 2022. O...

Policial

Um dentista morreu em confronto com a Polícia Militar (PM) após fazer a esposa refém na noite desta quinta-feira (11), no bairro Santa Cruz,...

Política

Um motorista de aplicativo de 29 anos foi assaltado e teve o carro roubado na noite dessa terça-feira (9), após atender chamado para uma...

Coluna

Vivemos no brasil tempos sombrios. Na verdade essa frase é surrupiada de um filme que provavelmente foi copiada de um livro e que foi...

futebol

A Câmara dos Deputados emitiu um comunicado na noite da última segunda-feira, 8, esclarecendo alguns pontos envolvendo a criação de um grupo para acompanhar a preparação da...

Política

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a abertura de investigação contra o...