Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Coluna

São Padre Pio

Um dos maiores exemplos de caridade e amor ao próximo que a terra já viu, Santo Padre Pio era um profundo praticador dos ensinamentos de Nosso Senhor.

“Se Jesus nos faz felizes assim na Terra, como será no Céu?”

Santo Padre Pio de Pietrelcina, nasceu em 1887, na Itália. Ainda pequeno era extremamente interessado pelas coisas de Deus sendo a admiração por Jesus, Nossa Senhora, as missas e orações um habito em sua vida. Sempre atento ao seu Anjo da Guarda, recorria a ele muitas vezes pedindo ajuda em situações cotidianas. Um de seus grandes legados é a sua exortação aos fiéis a pedirem ajuda ao anjo da guarda, chamando atenção ao fato de que o que os anjos mais querem é conduzir seus “guardados” e afirmava como a intimidade com os anjos é importante.

Quando completou 15 anos, entrou para a “ordem dos Capuchinhos em Morcone” sendo nomeado “frei Pio”. Fez votos de simplicidade e honrou isso durante toda a sua vida, sendo conhecido por sua maneira muito regrada de viver. Fez estudos clássicos e filosóficos e depois, dedicou-se exclusivamente a vida religiosa. Sempre preocupado em ser caridoso e com os sofrimentos e misérias das famílias, fundou a  “Casa Sollievo della Sofferenza” (Casa Alívio do Sofrimento), que foi inaugurada no dia 5 de maio de 1956, tornando-se referência em toda a Europa.

Uma característica muito benevolente de sua vida foi o recebimento dos estigmas de Cristo em seu próprio corpo que durou mais de 50 anos. Forá torturado, tentado e nunca desistiu da vida sacerdotal.  Sempre atento ao mistério da confissão, entendeu que Jesus Cristo a deixou para aliviar os sofrimentos do coração e libertar das garras do maligno. Passava mais de 14 horas diárias no confessionário, muitas vezes até revelando, por intermédio divino, pecados graves dos que chegavam para confessar e os escondia, tudo na intenção de santificar as almas para Deus. Muitos são os relatos dos que eram curados, reconfortados e animados após a presença de Padre Pio. Um de seus milagres mais conhecidos é cura de uma criança chamada Matteo Pio Colella.  Também usufruía do dom da bilocação, dom que fora testemunhado inclusive pelo Papá João Paulo II.

Na madrugada de 23 de setembro de 1968, em sua cela conventual, Padre Pio entregou seu espírito. Faleceu deixando uma multidão de devotos e grupos de orações ao redor do mundo. Embora tenha alcançado grande fama em vida, o seu nome ficou ainda mais conhecido postumamente, a santidade de Padre Pios ficou conhecida em todo o mundo, reequisito básico para o processo de canonização. Sendo beatificado em 2 de maio de 1999 e canonizado em 16 de junho de 2002, pelo Papa João Paulo II, sua festa litúrgica é comemorada todos os anos no dia 23 de setembro.

 

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Religião

A morte de João Batista abalou Nosso Senhor, que naquele dia quis ficar só, precisou de uma pausa. Tão conhecido no evangelho é a...

Gerais

Via: dayly caller com tradução de Maria Fernanda Senna Mais da metade dos americanos acredita que o presidente Joe Biden não é “mentalmente aguçado”...

Gerais

Via: terra Brasil O piloto de moto espanhol Dean Berta Viñales, 15 anos, morreu neste sábado (25) após um grave acidente durante a corrida...

Coluna

Via: national review com tradução de Maria Fernanda Senna Bruce Abramson tem uma coluna na RealClearPolitics reclamando que os conservadores deveriam se concentrar menos em conservar e resistir...

Coluna

Por: Bethânia Teixeira Mendes A posse e o porte de armas de fogo sempre foram permitidos no Brasil. O direito de acessar armas de...

Gerais

O Banco Central da China declarou hoje (24/09), ilegais todas as operações envolvendo criptomoedas sob alegação de que essas operações põe em risco a...

Gerais

O governador Romeu Zema (NOVO) anunciou hoje (24/09), através de suas redes sociais que decidiu vetar o projeto de lei 1155/2015 que estabelecia novas...

Gerais

O líder do MTST promete novos ataques com um suposto combate contra a fome e o desemprego. Guilherme Boulos (Psol), líder do Movimento dos...