Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Saúde

Regulamentação e falta de investimentos são empecilhos para credenciar leitos do São Lucas

A possibilidade de abertura de leitos para atendimento de casos da Covid-19 no Hospital São Lucas está sendo avaliada pelo poder público municipal

Em reunião realizada na sede da Amapar, em Patos de Minas, o prefeito Luís Eduardo Falcão falou sobre a intenção de abrir novos leitos para atendimento de casos da Covid-19 no Hospital São Lucas, porém, ele ressaltou que essa abertura, caso seja realizada, demandará tempo e investimentos.

A possibilidade de abertura de leitos para atendimento de casos da Covid-19 vem sendo avaliada pela Prefeitura de Patos de Minas e foi colocada em pauta na reunião. O presidente da Amapar e o prefeito de Patos de Minas explicaram que a situação é analisada com cautela, uma vez que, trata-se de investimento público em uma instituição privada, embora o hospital atenda pelo SUS.

“Estamos analisando todas as opções, inclusive através do Cisalp, levando em consideração que o Hospital Regional não tem estrutura para ampliação e nem o Hospital de Campanha”, comentou o prefeito de Patos de Minas. Ainda de acordo com Luís Eduardo Falcão, embora seja uma opção no momento, a abertura de leitos no Hospital São Lucas demandará tempo, em função da regulamentação necessária, e também investimentos, que é uma dificuldade dos municípios no momento.

Na mesma reunião, os prefeitos da AMAPAR elaboraram um documento conjunto, em que solicitam ao Governo do Estado e ao Governo Federal, o repasse de recursos para enfrentamento à crise na saúde, proporcionada pelo aumento expressivo de casos. Esses recursos poderão ajudar no reforço de leitos nas microrregiões de São Gotardo, Paracatu e João Pinheiro e também em Patos de Minas.

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar