Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Saúde

Prefeito de BH fecha o comércio

O decreto passa a vigorar na segunda-feira (11)

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, cumpriu o anunciado e vai fechar novamente Belo Horizonte. O decreto foi publicado nesta sexta-feira (8) e passa a vigorar a partir de segunda (11).

As informações do decreto assinalam que os estabelecimentos serão fiscalizados, no sentido de saber se as normas estão ou não sendo cumpridas pelos comerciantes.

Vão poder funcionar: 

– Padaria e lanchonete: de 5h às 22h
– Comércio varejista de laticínios e frios: de 7h às 21h
– Açougue e peixaria: de 7h às 21h
– Hortifrutigranjeiros: de 7h às 21h
– Minimercados, mercearias e armazéns: de 7h às 21h
– Supermercados e hipermercados: de 7h às 22h
– Artigos farmacêuticos: sem restrição de horário
– Artigos farmacêuticos, com manipulação de fórmula: sem restrição de horário
– Comércio varejista de artigos de óptica: sem restrição de horário
– Artigos médicos e ortopédicos: sem restrição de horário
– Tintas, solventes e materiais para pintura: de 7h às 21h
– Material elétrico e hidráulico, vidros e ferragem: de 7h às 21h
– Madeireira: de 7h às 21h
– Material de construção em geral: de 7h às 21h
– Combustíveis para veículos automotores: sem restrição de horário
– Peças e acessórios para veículos automotores: de 8h às 17h
– Comércio varejista de gás liquefeito de petróleo (GLP): sem restrição de horário
– Comércio atacadista da cadeia de atividades do comércio varejista listado nesta relação: 5h às 17h
– Agências bancárias: instituições de crédito, seguro, capitalização, comércio e administração de valores imobiliários: sem restrição de horário
– Casas lotéricas: sem restrição de horário
– Agência de correio e telégrafo: sem restrição de horário
– Comércio de medicamentos para animais: sem restrição de horário
– Atividades de serviços e serviços de uso coletivo, exceto os especificados no art. 2º do Decreto nº 17.328, de 8 de abril de 2020: sem restrição de horário
– Atividades industriais: sem restrição de horário
– Restaurantes, desde que em sistema de delivery ou retirada na porta: sem restrição de horário
– Banca de jornais e revistas: sem restrição de horário
– Atividades acima, em funcionamento no interior de shopping centers, galerias de loja e centros de comércio: deverão ser observados os horários de cada atividade

Atividades que não podem funcionar

– Casas de shows e espetáculos de qualquer natureza
– Boates, danceterias, salões de dança
– Casas de festas e eventos
– Feiras, exposições, congressos e seminários
– Shoppings centers, centros de comércio e galerias de lojas
– Cinemas e teatros
– Clubes de serviço e de lazer
– Academia, centro de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico
– Clínicas de estética e salões de beleza
– Parques de diversão e parques temáticos
– Bares, restaurantes e lanchonetes
– Eventos em propriedades e logradouros públicos
– Feiras em propriedade
– Circos e parques de diversões

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar