Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Gerais

Periódico Médico Científico Norte-Americano Recomenda Uso da Ivermectina Para Tratamento da Covid

Via: crítica nacional

A revista médica The American Journal of Therapeutics publicou em maio deste ano um artigo de pesquisa recomendando que a ivermectina deva ser utilizada como medicamento para o tratamento da covid. O artigo ainda defende que o medicamento venha a ser adotado de maneira sistemática em todo o mundo para a prevenção e tratamento da covid.

No artigo, intitulado Review of the Emerging Evidence Demonstrating the Efficacy of Ivermectin in the Prophylaxis and Treatment of COVID-19, os autores afirmam ter encontrado reduções grandes e estatisticamente significativas na mortalidade e no tempo de recuperação dos pacientes de covid submetidos a tratamento com ivermectina. Relatam também “riscos significativamente reduzidos de contrair covid com o uso regular de ivermectina”.

Os autores citam ainda muitos exemplos de campanhas de distribuição de ivermectina que levaram a uma rápida diminuição da morbidade e mortalidade em toda a população nos locais e cidades onde foram realizadas. A partir daí, o artigo conclui que, como agente oral, a ivermectina é “eficaz em todas as fases do covid.”

“Numerosos estudos de profilaxia demonstram que o uso regular de ivermectina leva a grandes reduções na transmissão”, afirma o artigo, corroborando assim experiências bem sucedidas em vários locais do mundo, incluindo cidades brasileiras, onde observou-se queda no número de casos e óbitos de covid após o uso preventivo da ivermectina.

O artigo segue afirmando que diversos “experimentos naturais” de grande porte ocorreram em regiões que iniciaram campanhas de distribuição de ivermectina, que resultaram em reduções restritas, reprodutíveis e temporariamente associadas nos casos covid e nas taxas de letalidade, em comparação com regiões próximas sem tais campanhas.

Sobre a segurança da ivermectina, o artigo relata baixas taxas de eventos adversos, sendo a maioria leves, transitórios e amplamente atribuídos à resposta inflamatória do corpo à morte dos parasitas. Estas reações adversas incluem coceira, erupção cutânea, nódulos linfáticos inchados, tintas nas articulações, febre e dor de cabeça.

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

futebol

A Câmara dos Deputados emitiu um comunicado na noite da última segunda-feira, 8, esclarecendo alguns pontos envolvendo a criação de um grupo para acompanhar a preparação da...

Política

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a abertura de investigação contra o...

Política

Em seu primeiro dia de governo, o novo presidente da Colômbia, Gustavo Petro, apresentou ao Congresso um projeto de reforma tributária, com previsão de aumento...

Policial

No último domingo (7/8), em Jaboticatubas, na região Metropolitana, foi cumprido o mandado de Prisão Preventiva expedido em desfavor de um homem, de 33...

Saúde

O presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes – Regional RJ (SBD-RJ), Daniel Kendler, lembra, no Dia Nacional de Prevenção e Controle do Colesterol, comemorado hoje (8),...

Policial

Está internado no Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, um aluno do curso de formação de Soldados da Polícia Militar que...

Política

A indicação é que o vice seja o deputado federal Bilac Pinto. O senador Carlos Viana, candidato do PL ao Governo de Minas Gerais,...

Economia

O economista da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Braz, diz que a redução de 3,5% no preço do diesel, anunciada nesta quinta-feira (4), pela Petrobras, terá...