Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Patos de Minas - Minas Gerais

Patos de Minas não tem mais estrutura para o regime remoto na rede pública de ensino

Em Patos de Minas, Minas Gerais, o regime remoto acontece de maneira ruim. São muitos os fatores que evidenciam que as aulas presenciais na rede pública precisam ser contempladas em caráter de urgência. Confira a entrevista do nosso portal, realizado ontem (13/05), com a mãe Patense Fernanda Maria Duarte, ela tem duas crianças, sendo uma em fase de alfabetização.

Como foi no início da pandemia?

O meu filho estudava no CMEI, no início eles apenas me devolveram o material que eu havia comprado e não falaram nada. Foram seis meses sem nenhuma assistência. Não teve aulas online, meu filho e eu nunca recebemos neste período nem uma ligação da escola.

Como está sendo o regime remoto para você?

Eu só estou conseguindo ajudar o meu filho porque estou de licença a maternidade mas, ainda assim é muito difícil, porque ele está em fase de alfabetização, no ano passado eu precisei pagar aulas particulares para que ele aprendesse a escrever o nome. Com o retorno das aulas, eu notei que muitos colegas não sabem escrever o nome, habilidade muito simples para essa fixa etária. Eu não conheço a professora do meu filho e ele sente muita falta da escola. Uma dificuldade também é porque as atividades são repetidas e nunca recebi, por exemplo, uma atividade lúdica.

O que você pensa sobre o regime remoto?

Eu acho muito difícil, porque tenho um filho em fase de alfabetização, muitas mães com filhos em séries mais avançadas não conseguem ensinar os conteúdos e vejo que muitas mães não tem acesso ao regime remoto o que prejudica muito. É muito difícil, existem pais com casos de COVID-19 na família, ou até mesmo os próprios pais adquirem o vírus e tudo isso impacta diretamente na forma de executar o regime remoto.

O que você espera deste ano letivo?

Espero que a Secretaria Municipal de Educação, tenha meios eficazes de aplicar as medidas sanitárias e que os alunos possam voltar a estudar presencialmente. Existe um receio por parte dos pais, uma vez que as aulas na rede privada já foram retomadas. Em uma lista que esta circulando da salinha do meu filho, de 25 crianças, apenas 7 irão retornar as aulas. Enquanto isso em um escola privada com aproximadamente 80 alunos, apenas 1 não retornou ao regime presencial. Ou seja, é questionável o medo e a fragilidade que os pais estão vendo nas escolas públicas no retorno as aulas associado a medidas eficazes de combate a COVID-19.

Fernanda Maria Duarte, mãe de um aluno do CMEI

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Policial

Um jovem de 25 anos foi morto pelo pai durante uma confusão na casa deles, no bairro Engenho Nogueira, região da Pampulha de Belo...

Gerais

O Posto Avançado de Bombeiros de Bocaiuva foi acionado no início da noite deste domingo (14/08/2022), por volta das 18h50min, para atendimento de ocorrência...

Juiz de Fora - Minas Gerais

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República, inicia oficialmente na terça-feira (16/08) a campanha eleitoral visando à reeleição nas eleições de outubro de 2022. O...

Policial

Um dentista morreu em confronto com a Polícia Militar (PM) após fazer a esposa refém na noite desta quinta-feira (11), no bairro Santa Cruz,...

Política

Um motorista de aplicativo de 29 anos foi assaltado e teve o carro roubado na noite dessa terça-feira (9), após atender chamado para uma...

Coluna

Vivemos no brasil tempos sombrios. Na verdade essa frase é surrupiada de um filme que provavelmente foi copiada de um livro e que foi...

futebol

A Câmara dos Deputados emitiu um comunicado na noite da última segunda-feira, 8, esclarecendo alguns pontos envolvendo a criação de um grupo para acompanhar a preparação da...

Política

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a abertura de investigação contra o...