Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Educação

O homeschooling e as escolas

Foto: Banco de imagem

Por Maria Fernanda Senna

A escola moderna (modelo de educação escolar oriundo do século XVIII) é uma instituição criada para cumprir um projeto governamental de adaptação. Trata-se de um sistema pré-pronto, no qual, o aluno é tratado como um cidadão e não como pessoa. Todos somos pessoas, ser cidadão é apenas uma parte disso. Moldar o aluno somente neste sentido, afasta dos valores primordiais de educação que visavam o aprimoramento de virtudes e do amor, ou seja, educação para além de matérias concretas.

O brasil ocupa a quinquagésima oitava posição no rankin de liberdade educacional medido pela Oidel (organização junto a ONU), disputando com Comboja e Vietnã. A taxa de evasão escolar do Brasil é a terceira maior do mundo. Nos resultados do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Aluno) o Brasil está na 57ª colocação em leitura e dois terços dos brasileiros de 15 anos sabem menos que o básico de matemática.

São inúmeras as pesquisas que apontam a deficiência do sistemas escolar brasileiro. Uma diversidade de fatores corroboram para números tão baixos no que tange aos rakins de educação. Podemos notar dificuldades simplórias como, número de alunos elevado por sala de aula, princípios pedagógicos diversos, necessidade de padronização, doutrinação ideológica, dentre outros aspectos que dificultam uma educação excelente.

Em contra partida temos uma série de pesquisas que reafirmam a eficiência do homeschooling. Como a Revista de Estudos Nacionais dos Estados Unidos mostrou que: “Jovens educados em casa tem grau de sociabilidade normais ou acima da média. Habilidades de liderança, autoconhecimento, auto estima, participação e serviços comunitários, entre outros. São mais envolvidos em atividades educacionais junto à comunidade, comumente envolvem em atividades de grupos, tais como, escoteiros, igrejas, esportes, voluntariado, etc. Os homeschoolings se mostram mais tolerantes em relação aos que foram educados por escolas.”

Diante de um cenário comprovadamente ineficiente, é totalmente compreensível que país e educadores optem pela prática da educação domiciliar. É importante ressaltar que não se trata de um molde de educação que está em concorrências com as escolas, é apenas uma das muitas formas de educar.

Maria Fernanda Senna

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Policial

Um jovem de 25 anos foi morto pelo pai durante uma confusão na casa deles, no bairro Engenho Nogueira, região da Pampulha de Belo...

Gerais

O Posto Avançado de Bombeiros de Bocaiuva foi acionado no início da noite deste domingo (14/08/2022), por volta das 18h50min, para atendimento de ocorrência...

Juiz de Fora - Minas Gerais

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República, inicia oficialmente na terça-feira (16/08) a campanha eleitoral visando à reeleição nas eleições de outubro de 2022. O...

Policial

Um dentista morreu em confronto com a Polícia Militar (PM) após fazer a esposa refém na noite desta quinta-feira (11), no bairro Santa Cruz,...

Política

Um motorista de aplicativo de 29 anos foi assaltado e teve o carro roubado na noite dessa terça-feira (9), após atender chamado para uma...

Coluna

Vivemos no brasil tempos sombrios. Na verdade essa frase é surrupiada de um filme que provavelmente foi copiada de um livro e que foi...

futebol

A Câmara dos Deputados emitiu um comunicado na noite da última segunda-feira, 8, esclarecendo alguns pontos envolvendo a criação de um grupo para acompanhar a preparação da...

Política

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a abertura de investigação contra o...