Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Saúde

O Caos tem solução, Prefeito!

Existe um ditado popular que diz que “Se você faz as coisas sempre do mesmo jeito, não precisa esperar resultado diferente”. E é exatamente o que a atual prefeitura tem feito, com poucas exceções.

Vamos às exceções:

  • Centralizou o atendimento COVID-19 no Hospital de Campanha, diminuindo para metade o custo diário dos leitos clínicos e de UTI, além de melhorar o atendimento dos pacientes não somente em qualidade de estrutura, mas também de locomoção. Hoje os pacientes conseguem realizar a consulta, fazer os exames e pegar os remédios receitados, tudo no mesmo local.
  • O prefeito Luís Eduardo Falcão tem realizado ações de contenção de custos na prefeitura, para que o dinheiro público possa ser usado no combate à COVID-19, já que, como ele mesmo disse: “Os 27 milhões que vieram no ano passado, ainda no antigo governo, para o combate à pandemia, estão para acabar”.

Mas para por aí.

Agora vamos às falhas:

Algumas receitas médicas prescritas no Hospital de Campanha têm “pipocado” na internet, afinal hoje dia, nada, ou quase nada, é tão sigiloso que a turminha do WhatsApp não consiga ter acesso.

O que se vê nas receitas é, no mínimo, desatualização por parte dos médicos que estão na linha de frente ao combate à pandemia. Os medicamentos receitados no Hospital de Campanha tem pouca, ou nenhuma ação de diminuição da carga viral dos pacientes. Isso faz com que a pessoa entre na chamada fase inflamatória, momento esse que o vírus já começa a causar estragos maiores. E aos pacientes que pedem as prescrições dos agentes antivirais que funcionam, lhes são negados o direito de serem orientados sobre os inúmeros prós e os raros contras. Alguns deles, inclusive, se queixam por serem hostilizados.

Inclusive, tivemos acesso a uma receita com dipirona, e nada mais, para pacientes com RT-PCR positivo! Não tem como dar certo. Outras receitas com muitos remédios, porém sem os principais agentes antivirais presentes, como a Cloroquina ou a Ivermectina (que devem  vir sempre acompanhadas da Azitromicina – que previne infecção por bactérias).

A missão é simples e salva vidas: é necessário que a prefeitura preste bastante atenção nos medicamentos que estão sendo prescritos no Hospital de Campanha, principalmente os pacientes que chegam com até 5 dias de sintomas. Essas pessoas tem enormes chances de sobreviverem, desde que sejam receitados os medicamentos corretos: Ivermectina, Hidroxicloroquina, Azitromicina e Vitamina D – além de outros suportivos para febre, vômitos, dores, suplementação de Vit D e etc.

Se possível, reúna esses médicos com outros médicos que estão tendo sucesso no combate ao vírus, ou comparem os resultados obtidos por quem faz o Tratamento Precoce Verdadeiro, com quem faz o Falso Tratamento Precoce.

Assim, poderão entender que já há métodos mais atualizados e que já existem estudos científicos robustos para respaldá-los.

Acessem o site:    c19study.com (que tem tradução para o português).

E verão que TODOS OS ESTUDOS (100% DELES), REALIZADOS COM O TRATAMENTO PRECOCE VERDADEIRO, O RECOMENDAM. São mais de 150 estudos feitos com renomados pesquisadores internacionais. “NA PRÁTICA, ESSES ESTUDOS REVELAM QUE, DE CADA 1.000 PACIENTES TRATADOS PRECOCEMENTE, APENAS 1 MORRE”. “OU, em contrapartida,  APRESENTEM ESTUDOS DECENTES, SEM VIÉS POLITICO, QUE MOSTREM O CONTRÁRIO

A prefeitura tem a chance de controlar a pandemia em poucos dias. Precisa entender que o problema não está na quantidade de leitos, mas no tratamento oferecido.

É isso que está matando as pessoas.

 

5 Comentários

5 Comments

  1. Teles Moura

    18 de fevereiro de 2021 em 15:31

    Até a OMS JA está condenando o lockdown, por que Patos está tão atrasado?

  2. Dulcimar

    18 de fevereiro de 2021 em 15:24

    Vejo que a boa vontade do nosso prefeito FALCÃO não adianta se na prática, os médicos do hospital de campanha não agirem de forma diferente!
    Criarem um protocolo de tratamento precoce e também acompanhamento do paciente até sua melhora!
    Senão vamos virar referência de mortes de COVID!!!

  3. Geraldo

    18 de fevereiro de 2021 em 15:08

    Meus caros, vamos deixar o orgulho de lado e vamos nos unir em prol da vida humana. Se está dando certo outros locais, não custa tentar aqui em Patos. São vidas humanas que estão em jogo. Que os senhores que tem a decisão na mão, entrem para a história de nosso município como heróis e não como vilões, que poderia ter salvado muitas vidas e não o fizeram. Que Deus os iluminem…

  4. Carolina Costa

    18 de fevereiro de 2021 em 10:56

    É uma tristeza saber que as mortes se dão por falta de interesse em aprofundar conhecimento por parte dos profissionais que estão à frente nos hospitais. Já não se fazem mais profissionais como antes!

    • Teles Moura

      18 de fevereiro de 2021 em 15:35

      Até a OMS JA está condenando o lockdown, por que esses médicos estão atrasados.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Policial

Um dentista morreu em confronto com a Polícia Militar (PM) após fazer a esposa refém na noite desta quinta-feira (11), no bairro Santa Cruz,...

Política

Um motorista de aplicativo de 29 anos foi assaltado e teve o carro roubado na noite dessa terça-feira (9), após atender chamado para uma...

Coluna

Vivemos no brasil tempos sombrios. Na verdade essa frase é surrupiada de um filme que provavelmente foi copiada de um livro e que foi...

futebol

A Câmara dos Deputados emitiu um comunicado na noite da última segunda-feira, 8, esclarecendo alguns pontos envolvendo a criação de um grupo para acompanhar a preparação da...

Política

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a abertura de investigação contra o...

Política

Em seu primeiro dia de governo, o novo presidente da Colômbia, Gustavo Petro, apresentou ao Congresso um projeto de reforma tributária, com previsão de aumento...

Policial

No último domingo (7/8), em Jaboticatubas, na região Metropolitana, foi cumprido o mandado de Prisão Preventiva expedido em desfavor de um homem, de 33...

Saúde

O presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes – Regional RJ (SBD-RJ), Daniel Kendler, lembra, no Dia Nacional de Prevenção e Controle do Colesterol, comemorado hoje (8),...