Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Gerais

Joe Biden Financiou Terroristas do Hamas Doando US$235 Milhões Para Faixa de Gaza e Cisjordânia

Via: crítica nacional

O impostor que ocupa a Casa Branca, Joe Biden, anunciou em 7 de abril deste ano a retomada da ajuda financeira norte-americana ao terroristas da chamada Cisjordânia e da Faixa de Gaza. Na mesma semana do anúncio, Joe Biden assinou uma transferência de US$235 milhões, o que corresponde a cerca de R$ 1.3 bilhão, em ajuda supostamente humanitária para estas regiões.

Os recursos foram transferidos para fundos geridos pela agência das Nações Unidas para refugiados, que na verdade é uma fachada para o apoio da ONU a organizações terroristas. O repasse destes recursos havia sido cortado pelo presidente norte-americano Donald Trump. A ajuda milionária foi detalhada pelo Secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken.

Do total repassado, cerca de US$ 75 milhões destinaram-se a fundos teoricamente destinados ao desenvolvimento econômico. Outros US$ 150 milhões foram para UNRWA, agência das Nações Unidas que afirma dar auxílio a supostos cinco milhões e árabes jordanianos, convenientemente chamados de “palestinos”.

Além disso, US$ 75 milhões foram destinados à Al Fatah, a mais antiga organização terrorista muçulmana da região e que tem como fachada a Autoridade Palestina. Parte desta parcela também foi destina ao Hamas, o grupo terrorista que controla a Faixa de Gaza. Um montante adicional de US$ 10 milhões foi destinado a supostos programas de “construção da paz”.

“Os Estados Unidos têm o prazer de anunciar que, em parceria com o Congresso, planejamos reiniciar a assistência econômica, humanitária e de desenvolvimento dos Estados Unidos ao povo palestino”, afirmou cinicamente Anthony Blinken em um comunicado.

Analistas internacionais afirmam que é altamente provável que pelo menos uma parte dos US$ 75 milhões em suposta ajuda econômica e outros US$ 15 milhões em suposta ajuda à saúde tenham ido diretamente para as mãos do grupo terrorista Hamas.

Avalia-se também que os recursos tenham sido utilizados ​​para a compra ou fabricação dos foguetes Qassam, que o grupo terrorista está lançando contra Israel há três dias.

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

futebol

A Câmara dos Deputados emitiu um comunicado na noite da última segunda-feira, 8, esclarecendo alguns pontos envolvendo a criação de um grupo para acompanhar a preparação da...

Política

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a abertura de investigação contra o...

Política

Em seu primeiro dia de governo, o novo presidente da Colômbia, Gustavo Petro, apresentou ao Congresso um projeto de reforma tributária, com previsão de aumento...

Policial

No último domingo (7/8), em Jaboticatubas, na região Metropolitana, foi cumprido o mandado de Prisão Preventiva expedido em desfavor de um homem, de 33...

Saúde

O presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes – Regional RJ (SBD-RJ), Daniel Kendler, lembra, no Dia Nacional de Prevenção e Controle do Colesterol, comemorado hoje (8),...

Policial

Está internado no Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, um aluno do curso de formação de Soldados da Polícia Militar que...

Política

A indicação é que o vice seja o deputado federal Bilac Pinto. O senador Carlos Viana, candidato do PL ao Governo de Minas Gerais,...

Economia

O economista da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Braz, diz que a redução de 3,5% no preço do diesel, anunciada nesta quinta-feira (4), pela Petrobras, terá...