Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Gerais

Hipocrisias esquerdistas e a vacinação

Recentemente a Câmara dos Deputados aprovou, por 317 votos a 120, o texto-base do projeto de lei que permite a compra de vacinas contra a Covid-19 por empresas que queiram vacinar seus funcionários. O Texto mantém exigência de doação ao SUS (Sistema Único de Saúde), mas permite que firmas usem cota privada enquanto governo ainda vacina grupos prioritários. O Projeto ainda será analisado pelo Senado. É extremamente questionável o grupo de 120 deputados que votaram contrariamente à medida. Na esfera de justificativas inviáveis que, mais parecem subestimar a inteligência dos brasileiros, alguns esquerdista e globais defenderam que a vacina não pode ser comprada para não gerar “fila dupla.”

Como em qualquer outra época e em qualquer outro segmento, é típico de progressistas mudar o debate de acordo com o que convém. Desde o início da pandemia a maioria dos esquerdistas querem a vacina a qualquer custo, para muitos a vacina significa a imunização completa frente ao vírus. Qualquer questionamento feito sobre o imunizante caracteriza o questionador como genocida, negacionista, dentre outros adjetivos. A esquerda se mantem na falácia de que o país não dá o devido crédito a vacinação e ignora o fato de que o Brasil é o quinto pais que mais vacina no mundo.

O argumento da “fila dupla” chega a ser irônico, se a esquerda bate na tecla de que o país não investe em vacinas, que prejuízo pode ter no fato de imunizantes serem adquiridos pela iniciativa privada? Se o país não tem vacinas para a maioria, como uma pessoa pode ficar na fila dupla e ser vacinada duas vezes (como se alguém em sã consciência quisesse ter a imunização duas vezes)? Se pessoas são vacinadas pela iniciativa privada automaticamente a fila da vacinação pública não acelera? Se o importante é imunizar, importa se o recurso é público ou privado? Parece que o argumento “vidas importam” é muito válido, quando vai na direção de ideologias esquerdistas. E o pior, a defesa de não permitir que a vacina seja adquirida pela iniciativa privada parte de pessoas que podem ficar sem o imunizante por um bom tempo e esperar tranquilamente a vacina pelo SUS, pois suas condições financeiras lhes conferem uma vida de isolamento muito confortável com casas arejadas, ifood, enfim, todo um horizonte de distrações que tornam a vida de quem não precisa sair para trabalhar muito estável em meio a uma pandemia.

Nos últimos dias muitos países estão exigindo comprovante de vacinação contra a COVID-19 para entrada em seus territórios, talvez, agora essa pequena elite progressista defenda a compra de vacinas também por empresas e assim, acelere o processo. Porque, afinal, como farão suas viagens luxuosas sem seus comprovantes de vacinação? Mais uma vez a narrativa irá mudar e mais uma vez outros problemas fantasiosos tirarão de foco essa narrativa assustadora de não permitir que a iniciativa privada ajude na imunização.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Fulano de tal

    8 de abril de 2021 em 17:29

    Luciano Huck esquerdista????
    hauhuauhahuauh
    ahuhahuahuahuhua
    ahuahuahuauhuha

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Economia

O economista da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Braz, diz que a redução de 3,5% no preço do diesel, anunciada nesta quinta-feira (4), pela Petrobras, terá...

Política

O Senado voltará a analisar o projeto de lei que restringe as saídas temporárias de presos. A matéria foi aprovada pela Câmara dos Deputados...

Policial

Nesta quinta-feira (4), Emily Luiza Ferretti Fernandes, de 25 anos, foi morta a facadas dentro de sua casa, localizada no bairro Cardoso, na região...

Política

A Câmara dos Deputados aprovou, por 408 votos contra 9, o Projeto de Lei 643/20, que aumenta as penas para os crimes de furto...

Política

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei nº 14.431/2022 que libera o crédito consignado a beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e de programas federais...

Policial

Um homem de 27 anos foi baleado no peito, na barriga, nas costas e no pescoço dentro de uma distribuidora de bebidas no Barreiro,...

Gerais

O Tribunal do Juri montado para julgar os acusados pelo incêndio na Boate Kiss, ocorrido em 2013 na cidade de Santa Maria/RS, teve sua...

Coluna

No Brasil quem tem a caneta tem o poder. Ou ainda: “A caneta é mais poderosa que a espada” (em inglês: The pen is...