Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Coluna

A VACINA POLÍTICA

Por Jefferson J. O. Nunes

Não lembro bem o ano nem qual vacina era, mas a situação que contarei aqui aconteceu comigo quando ainda estudava no colégio municipal da cidade de Ituiutaba-Mg.

Certa vez todos os alunos do colégio eram obrigados a levar seus cartões de vacina para a escola para que tomassem tal vacina, “acho que era pra febre amarela”. Eu como tinha medo de injeções, corri o máximo que consegui, mas ao entrar na sala de aula a professora fiscalizou o meu cartão que não estava preenchido. Tive então que vacinar.

Eu não morri, não tive efeitos colaterais e muito menos sequelas. Fato é, lembro que apenas profissionais da saúde estavam presente no colégio, não havendo imprensa, políticos ou sequer todo esse alvoroço de hoje.

Ao politizar a vacina criaram duas vertentes comuns da politica, oposição e posição, ou seja, pessoas contra e pessoas a favor. De fato hoje no mundo temos uma guerra em ação, guerra essa que não utiliza armas mediáveis de força humana, mas armas atuais que dominam o intelecto e a liberdade.

Há de fato dois sistemas se contrapondo, um com maior intervenção estatal, lembrando os velhos modelos políticos ditatoriais e inquisitivos e outro com menor intervenção estatal, baseado em um sistema de troca livre.
Ambos os lados não concordam com a ideia do modelo político do outro, criando assim um terceiro grupo que faz a junção de ideias de ambos os modelos, mas que agrega o que tem de pior em ambos os modelos (detalhes nos próximos textos).

Assim não é de se espantar que politizar a vacina como vem sendo feito por prefeitos, governadores e presidente criaria uma rixa de narrativas que no pior dos cenários agravaria ainda mais a crise institucional que vivemos no país e no melhor dos cenários (Utópico) faria com que ambos os espectros se unissem pelo bem comum.

É demais acreditar que mesmo diante de uma pandemia, agravado ao meu ver pela crise politica mundial e guerra de narrativas sobre como proceder nos cuidados para com a saúde das comunidades não encontremos uma solução plausível sem viés politico.

Como se vê na Inglaterra onde a vacinação começou semanas atrás, não houve propaganda política como a que esta havendo no Brasil. Aviões chegando com 1% de medicamento para a população estão sendo recebidos por prefeitos (a) como heróis da nação, e esses estão se aproveitando da fama para criar espetáculo.

É triste a realidade de um país onde a desgraça alheia se torna espetáculo politico para os políticos locais, para que posam aumentar suas zonas eleitorais e se aproveitar de um trabalho conjunto entre países, empresas, governos e estados para que a vacinação mundial aconteça.

Sem a união e sua grande capacidade logística, financeira, bem como a força humana e estrutural do exercito brasileiro não seria possível em tão curto espaço de tempo preparar toda a distribuição, produção, analise de capacidade e estrutura e assim fazê-la em um país com dimensões continentais.

Cabe a nós decidirmos se a politica irá interferir em nossas escolhas e decidir por nossa própria vontade se queremos ou não tomar a vacina e se realmente vale a pena entrar nesse jogo politico que no momento não está trazendo grandes resultados para os conservadores.

 

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Policial

No último domingo (7/8), em Jaboticatubas, na região Metropolitana, foi cumprido o mandado de Prisão Preventiva expedido em desfavor de um homem, de 33...

Saúde

O presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes – Regional RJ (SBD-RJ), Daniel Kendler, lembra, no Dia Nacional de Prevenção e Controle do Colesterol, comemorado hoje (8),...

Policial

Está internado no Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, um aluno do curso de formação de Soldados da Polícia Militar que...

Política

A indicação é que o vice seja o deputado federal Bilac Pinto. O senador Carlos Viana, candidato do PL ao Governo de Minas Gerais,...

Economia

O economista da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Braz, diz que a redução de 3,5% no preço do diesel, anunciada nesta quinta-feira (4), pela Petrobras, terá...

Política

O Senado voltará a analisar o projeto de lei que restringe as saídas temporárias de presos. A matéria foi aprovada pela Câmara dos Deputados...

Policial

Nesta quinta-feira (4), Emily Luiza Ferretti Fernandes, de 25 anos, foi morta a facadas dentro de sua casa, localizada no bairro Cardoso, na região...

Política

A Câmara dos Deputados aprovou, por 408 votos contra 9, o Projeto de Lei 643/20, que aumenta as penas para os crimes de furto...