Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Coluna

A importância da literatura

Por Thaysa Silva
A amizade com os clássicos faz a vivência humana ser mais benéfica.

Tão antiga quanto a humanidade é a literatura. Portanto, a humanidade parece até hoje não entender a importância desta arte para a vida. Heróis gregos memoráveis como Hércules (que destruiu um monstro de sete cabeças que cuspia fogo), Jasão (mitológico grego que foi famoso por seu papel como o líder dos argonautas e a sua busca do Velocino de Ouro) e Aquilis (participantes da Guerra de Troia e o protagonista e maior guerreiro da Ilíada, de Homero), são exemplos de motivação e aprendizado até os dias atuais.

Os clássicos, os grandes nomes da literatura, são inúmeros (talvez impossíveis de serem lidos em uma vida) e também atemporais, por isso “clássicos”, trata-se de obras que estão há décadas circundantes em vários ambientes, com grande valor que ultrapassa gerações. Olhando os grandes nomes notáveis da história, dentre escritores, poetas, estadistas e até mesmo grandes oradores como Demóstenes (em Atenas), atribuem o grande parte do legado de sua intelectualidade a leitura das grandes obras.

 

A verdade é que o viver humano não consegue abarcar as diferentes emoções existentes, através de experiências literárias surge a oportunidade de ter experiência com diversas facetas, diversos atos humanos até então inimagináveis. Entender as grandes mentes molda a inteligência do indivíduo.

A literatura faz com que o ser humano vislumbre particularidades que nenhuma outra arte oferece. As experiências literárias podem moldar a realidade. As covardias literárias nos causam repulsa, bem como, as virtudes parecem precisar instalar-se em nossas atitudes. Tudo na vivência literária contribui para uma formação do caráter admirável.

Infelizmente, o terreno atual é cada vez menos propício a realização de grandes obras literárias (embora ainda existam escritores com nobres obras contemporâneas). Mas a antiguidade brasileira e mundial tem uma gama de livros, que muitas vezes estão a um passo de nossas mãos, o avanço da tecnologia, xerox e etc trazem uma certa facilidade para quem deseja inteirar-se mais de boas escritas. A literatura permite entender melhor as outras artes, ciências, matérias. Se a pessoa deseja ser um bom profissional e também um bom ser humano é inegável que o êxito passa pela literatura.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Joaquim Dias

    4 de outubro de 2021 em 15:37

    A cultura é um imperativo social. O conhecimento da literatura é uma arma de combate tanto na defesa de uma posição, como argumento contra posições que nem sempre são as melhores ou pretendem subjugar-nos a interesses nem sempre republicanos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Gerais

Um homem que ficou revoltado por “excesso de maionese” em seu sanduíche matou uma funcionária de uma lanchonete do Subway. O homem, de 36 anos, atirou contra duas funcionárias da loja. Uma de 26 anos morreu e outra,...

Patos de Minas - Minas Gerais

O deputado federal Eduardo Bolsonaro faz um convite para Patos de Minas, confira o vídeo. O evento será  no Salão da DB, na Avenida...

Policial

O caso foi nesse sábado (25/6). De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher acionou os policiais afirmando que ‘havia matado seu marido...

Economia

O presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, disse hoje (27) que “o pior momento da inflação já passou”, e que, graças...

Coluna

Por Tiago Abdala Essa pergunta, que não é nova, faz parte do crescimento e desenvolvimento não só do ser humano, mas de uma sociedade...

Patos de Minas - Minas Gerais

Na próxima quinta-feira, dia 30 de junho o deputado Federal Eduardo Bolsonaro (PL), estará em Patos de Minas, Minas Gerais. O evento contará ainda...

Policial

Nesta segunda-feira (27), a Justiça acatou o recurso do Ministério Público Federal e negou a liberdade provisória dada ao homem suspeito de envolvimento no...

Gerais

Um homem biológico que se identifica como mulher derrotou duas meninas, uma de 13 anos e outra de 16 anos, e levou o primeiro...