Conecte conosco

Oi, o que você está procurando?

Gerais

A ditadura favorita da esquerda está sob cerco

Via: national review

Não é fácil administrar uma ditadura horrível e ainda ter fãs e defensores em bairros da moda, mas o regime de Castro conseguiu isso por décadas.

Os protestos em massa e espontâneos que eclodiram em toda Cuba no fim de semana passado são mais um sinal de que o governo do país carece de legitimidade. Em Cuba, é o governo contra o povo e, eis que, todos esses anos, os apologistas de Fidel estiveram com o governo.

Eles romantizaram Fidel Castro, o pai fundador da junta de Cuba. Eles engoliram sua propaganda. Eles inventaram desculpas para isso. Eles desviaram o olhar de seus crimes. E eles culparam a América por seus fracassos manifestos.

Se os protestos continuarem em Cuba, haverá uma luta existencial entre pessoas nas ruas exibindo bandeiras americanas e gritando pela liberdade e um sindicato do crime organizado que governa pela força e há muito tempo mantém o afeto da esquerda americana.

Durante sua campanha nas primárias presidenciais no ano passado, Bernie Sanders não desistiu de suas declarações de apoio ao regime de Fidel ao longo dos anos – sim, o governo deveria ser menos autoritário, mas tem feito muito bem, disse ele. O cineasta Michael Moore fez um filme popular exaltando o sistema de saúde cubano.

Após a morte de Fidel em 2016, o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau expressou sua “profunda tristeza” pela morte do “presidente mais antigo de Cuba” (quando um presidente prende seus oponentes, ele pode de fato permanecer no cargo por muito tempo).

O regime de Cuba há muito se beneficia da imagem romântica de violentos revolucionários latino-americanos (Che Guevara é um mascote progressista onipresente), do fato de ser uma ditadura de esquerda, e não de direita, e de que sempre se alimentou de anti – Sentimentos americanos.

As racionalizações oferecidas para o regime são diminutas e enganosas.

Devemos acreditar que Cuba afundou no analfabetismo medieval até que comunistas iluminados chegaram ao poder que se preocupavam acima de tudo com o progresso social e simplesmente prendiam, torturavam e matavam muitas pessoas enquanto ensinavam crianças a ler.

Não é verdade, porém, que Cuba era notoriamente analfabeta antes do advento da ditadura de Castro. Em 1960, a taxa de alfabetização era de cerca de 80%, alta para os padrões da época. Tampouco é correto que Fidel tivesse intenções benevolentes com sua campanha de alfabetização; o objetivo era tornar mais fácil encher o povo cubano de propaganda comunista. A propósito, tem se mostrado inteiramente possível para os países latino-americanos alcançarem aumentos acentuados na alfabetização sem administrar gulags.

E quanto aos avanços nos cuidados de saúde e em outras métricas? O historiador econômico Brad DeLong observou que, em 1957, Cuba tinha mortalidade infantil mais baixa do que muitos países europeus, mais médicos e enfermeiras per capita do que a Grã-Bretanha ou a Finlândia e tantos veículos per capita quanto a Itália ou Portugal. Após décadas de desgoverno, seu PIB per capita se equipara ao da Mongólia e do Butão, de acordo com dados da CIA.

Isso sugere, corretamente, que Fidel assumiu o controle de um país em boa forma e o destruiu, e não o contrário.

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Policial

Um dentista morreu em confronto com a Polícia Militar (PM) após fazer a esposa refém na noite desta quinta-feira (11), no bairro Santa Cruz,...

Política

Um motorista de aplicativo de 29 anos foi assaltado e teve o carro roubado na noite dessa terça-feira (9), após atender chamado para uma...

Coluna

Vivemos no brasil tempos sombrios. Na verdade essa frase é surrupiada de um filme que provavelmente foi copiada de um livro e que foi...

futebol

A Câmara dos Deputados emitiu um comunicado na noite da última segunda-feira, 8, esclarecendo alguns pontos envolvendo a criação de um grupo para acompanhar a preparação da...

Política

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a abertura de investigação contra o...

Política

Em seu primeiro dia de governo, o novo presidente da Colômbia, Gustavo Petro, apresentou ao Congresso um projeto de reforma tributária, com previsão de aumento...

Policial

No último domingo (7/8), em Jaboticatubas, na região Metropolitana, foi cumprido o mandado de Prisão Preventiva expedido em desfavor de um homem, de 33...

Saúde

O presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes – Regional RJ (SBD-RJ), Daniel Kendler, lembra, no Dia Nacional de Prevenção e Controle do Colesterol, comemorado hoje (8),...